Sustentabilidade

docol-duplo-acionamento-descarga-sustentabilidade-sao-geraldo

Descarga inteligente, economia garantida.

As iniciativas sustentáveis estão ganhando cada vez mais espaço nos projetos de arquitetura residenciais ou comerciais, especialmente naqueles que utilizam grande volume de água, como os banheiros. Quando pensamos em economia para essa área é comum imaginarmos que ela deva ser feita apenas com a água da torneira ou do chuveiro, mas existem outras alternativas surpreendentes, como a descarga “personalizada”.

Destaque no consumo responsável de água, existem modelos de acionamento de descargas, por exemplo, que garantem economia de até 50% ao mês, gastando entre 3 a 6 litros de água. Para se ter uma ideia do impacto ambiental, basta comparar com os sistemas mais antigos, que demandam até 12 litros por acionamento. Nos novos modelos, a descarga é diferente para cada necessidade de uso.

docol-duplo-acionamento-descarga-sustentabilidade-sao-geraldo

deca-hydra-duo-sustentabilidade-sao-geraldo

1- Válvula com liberação aprox. de 3 Litros 2- Válvula com liberação aprox. de 6 Litros

Lembrando que o uso de um vaso sanitário em uma residência corresponde a aproximadamente 30% consumo doméstico de água, essa é uma alternativa que ajuda não somente a natureza mas também a economia doméstica, uma vez que reduz o volume de água, estimula o consumo consciente e ainda pode ser instalada de forma simples e prática.

Saiba mais:

O vaso sanitário com caixa acoplada de acionamento duplo, ao invés de apenas um sifão, como nas descargas comuns, possui uma caixa com dois compartimentos, que podem ser acionados juntos ou separadamente, por meio de dois botões, geralmente localizados na parte superior da caixa.

bacia-caixa-acoplada-laufen-duplo-descarga

bacia-caixa-acoplada-laufen-duplo-descarga-1-2

1- Válvula com para descarga completa. 2- Válvula com para liberação com volume reduzido.

Apesar da fácil instalação, é necessário ter conhecimento prévio do modelo e de suas peculiaridades, que envolvem a confirmação das medidas da caixa para acoplar (proporcionais à bacia), pois é necessário que o encaixe seja exato, preservando, assim, a vida útil de ambas. Outro cuidado importante é com a pressão de água no sistema hidráulico, que varia muito de uma edificação para outra e, por isso, torna imprescindível que o consumidor, ao instalar o sistema de descarga, faça a regulagem do mecanismo.

Sustentabilidade-telhado-verde-marcio-kogan-casa-mm-capa

Telhados: verdes e sustentáveis

Telhados: verdes e sustentáveis

 

A sustentabilidade e suas soluções são temas que caminham juntos e seguem em evidência no mundo moderno e, por esse motivo, vamos falar aqui no Blog sobre uma iniciativa que vem ganhando espaço nesse debate: a arquitetura sustentável dos telhados verdes. Afinal, fazer a nossa parte faz a diferença.

Casa OS : Nolaster

Para começar a falar sobre o tema, vamos primeiro entendê-lo melhor. A arquitetura sustentável ou arquitetura verde nada mais é do que uma maneira de projetar, que objetiva reduzir o impacto ambiental de uma edificação. É isso que acontece quando os telhados verdes entram em ação. A nova tendência – que faz uso de materiais recicláveis, com ênfase na economia de energia e reuso da água e se caracteriza pela aplicação de cobertura vegetal nas edificações, traz inúmeros benefícios como a redução de temperatura, retenção de água da chuva, aumento da vida útil da impermeabilização, filtro de poeiras e gases tóxicos do ar, aumento da biodiversidade nos grandes centros urbanos e redução de ilhas de calor. Características como o abrigo da biodiversidade e diminuição da poluição sonora, além da criação de novas áreas de lazer, cultivo de alimentos e convívio social também fazem parte das vantagens dessa opção. A instalação de um telhado verde e sustentável pode demandar atenção especial com a manutenção, mas é um detalhe que pode ser contornado.

Sustentabilidade-telhado-verde
ntu_singapore6

Edificio Nanyang em Singapura

Agora que falamos sobre e quais as vantagens, vamos desmistificar algumas críticas a respeito do tema:

  •  É só colocar terra e grama no telhado: Não é tão simples. Esse tipo de cobertura requer planejamento e cuidados prévios para garantir o seu sucesso!
  •  Essa não é uma prática inovadora ou recente: as novas tecnologias têm apenas qualificado o uso de telhados verdes, uma vez que existem relatos de telhados vivos protegendo casas há 70 anos. Na Alemanha, por exemplo, os tetos verdes estão presentes nas construções desde 1943.
  •  Apenas edifícios sustentáveis podem receber tetos verdes: até mesmo casas comuns, que não foram projetadas com ares de sustentabilidade, podem se adequar e receber todos os benefícios já citados.
  •  Alto custo: o preço inicial pode ser um pouco acima de um telhado comum, mas os benefícios em longo prazo compensam esse investimento. Além disso, a manutenção pode ser barateada pela escolha de plantas nativas que reservam água e que vão agregar as tradicionais vantagens e ainda custar menos.
  • Problemas na estrutura –  todo teto pode ter infiltração: A preocupação é comum, mas infundada. Não há estudos que relacionam problemas de infiltração ao uso de um telhado verde. Esse tipo de estrutura precisa apenas de uma boa e segura instalação, além de especificações do design estrutural qualificadas.

Sustentabilidade-telhado-verde-piso

Brise Vegetal

 

 

Escolhas sustentáveis para a sua casa

Escolhas sustentáveis para a sua casa

É necessário, nobre e acessível! As escolhas sustentáveis fazem parte do nosso cotidiano e podem ser levadas para dentro de casa. A economia de água e energia, bem como o reaproveitamento desses recursos, são atualmente as principais tendências do mercado nacional e internacional. Lâmpadas em LED, torneiras e até mesmo chuveiros estão na galeria de produtos, que geram bons resultados dentro e fora de casa, afinal, o meio ambiente precisa de atenção.

Sem querer abrir mão do design, um dos produtos mais requisitados pelo mercado são os chuveiros de teto Solly, da Docol, que oferecem uma série de vantagens ao consumidor. Com vazão de apenas 12 litros, sem perder a funcionalidade e o conforto que um bom banho merece, o modelo possui também garantia Toda Vida, oferecida pela Docol, por tempo indeterminado. O seu funcionamento é em alta e baixa pressão e a temperatura da água pode chegar  a 70°C. Os chuveiros de teto Solly são produzidos por uma das empresas que mais leva a sério a questão da sustentabilidade, investindo constantemente em pesquisas e práticas inovadoras.

Fica a Dica!

Não adianta apenas focar na escolha de produtos econômicos e ignorar a responsabilidade do fabricante em ser de fato sustentável em todo o processo de fabricação, afinal, cada etapa deve ser considerada e é de extrema importância. Por isso, pesquise bastante antes de adquirir esses produtos!Tag_economizador

É por isso que hoje, no Brasil e no mundo, as empresas que zelam pelo processo sustentável estão em voga e são prioridade na escolha da São Geraldo. Práticas como controle de ecotoxidade; tratamento de efluentes (que devolve água ao ambiente com o mesmo grau de pureza de quando foi retirada); preservação de reservas florestais e ainda medidas de economia de água fazem dos fabricantes potenciais na gestão de produtos sustentáveis. Pense nisso!